sexta-feira, 1 de maio de 2015

"Conjuro-te,pois,diante de Deus e 
 do Senhor Jesus Cristo,que há de julgar 
 os vivos e os mortos,na sua vinda e 
 no seu Reino,

 que pregues a Palavra,
 instes a tempo e fora de  
 tempo,redarguas,repreendas,
 exortes com toda a longanimidade e  
 doutrina.
 Porque virá o tempo em que não sofrerão
 a sã doutrina;mas tendo comichão nos
 ouvidos,amontoarão para si doutores

 conforme as suas próprias
 concupiscências;

 e desviarão o ouvido da verdade,voltando
 as fábulas."
                   ll  Timóteo 4:1,2,3,4
     




Carta de Paulo a Timóteo,que cuidava da igreja(pastoreava) em Éfeso.
São sérias advertências a todo aquele que fala do Senhor,que prega seus ensinamentos.

"mas há alguns que vos inquietam e querem  transtornar o evangelho de Cristo"
      Gálatas 1:6 (2ªparte)

Paulo,direcionado e orientado pelo Espírito Santo,nos ensina aqui como devemos falar do Senhor e da Sua Palavra:


"assim falamos,não como para agradar aos  homens,mas a Deus,que prova nosso coração."

            l Tessalonicenses 2:4(2ª parte)

Como devemos observar todo aquele que também nos fala,comparando,conferindo com tudo que está nas Escrituras.

Aquilo que foge disso,não é de Cristo,e consequentemente,não é de Deus.