quinta-feira, 19 de novembro de 2015


"E Daniel assentou no seu coração 
 não se contaminar com a porção do
 manjar do rei,nem com o vinho que ele
 bebia."

                      Daniel 1:8




Nabucodonosor invadiu e dominou a Jerusalém.
Dentre outras coisas,escolheu e levou filhos de Israel,de linhagem nobre,cultos e de boa aparência.Entre eles estava Daniel e seus amigos Hananias,Misael e Azarias.
O rei determinou que deveriam comer uma parte do manjar que ele comia e do vinho que ele bebia  (um benefício!...).
E assim orientou ao chefe dos eunucos.

O jovem Daniel entretanto,não queria comer dessa comida bebida,que por certo,era primeiramente dedicada a ídolos.

O que aprendemos aqui?...

Daniel não quis,mesmo indiretamente,adorar a ídolos.
Também não queria ter a mente entorpecida,para não afastar-se das suas convicções,mesmo estando longe da orientação de seus pais.
Seu amor a Deus e à sua lei, estavam arraigados nele,e queria permanecer fiel.

A comida representa aqui muito claramente as "delícias" que o mundo nos dá,e as bebidas,como o mundo nos engana,nos ludibria,para nos afastar do Senhor.

Daniel não quis se contaminar...Mesmo com risco de perder a vida!...

Analisemo-nos.
Fica aqui a pergunta:

Como temos evitado nos contaminar?...









P.S: A passagem é linda,e sugiro seja lida inteira em Daniel capítulo 1